TASTE PURE NATURE

The Fortuitous Fukurokuju

O nome da nossa marca deriva dos Sete Deuses da Sorte da mitologia japonesa, os Fukurokuju, que significa "felicidade"(fuku); "riqueza"(roku); e "longevidade" (ju). Beba Fukuju e seja abençoado pela boa sorte!

OUR SAKE FIND FUKUJU OUR BREWERY

ABOUT SAKE VISIT US JAPANESE WEBSITE

O saquê é uma bebida especial. Assim como o vinho, é frequentemente servido junto e para acentuar o sabor da comida. O saquê sofre uma fermentação distinta do vinho, e contudo não é como a cerveja. Pode ser apreciado individualmente ou junto a uma variedade infinita de pratos. Servido a temperaturas que variam do gelado ao quente, um mesmo saquê será capaz de apresentar uma gama surpreendente de sabores.

Processo de Fabricação do Saquê

O saquê é feito de muito poucos ingredientes, e portanto cada um deles deve ser cuidadosamente selecionado para garantir sua pureza e sabor. Os grãos de arroz são moídos até serem reduzidos a parte central do amido. Quanto maior o grau de moedura, maior o grau de excelência (premium) do saquê. A água (Miyamizu) utilizada deve ser pura e com o nível exato de minerais. Um fungo específico (aspergillus oryzae) transforma o amido do arroz em açúcar, enquanto a levedura do saquê converte, simultaneamente, o dito açúcar em álcool.

As Origens e a História do Saquê

O saquê vem sendo consumido e usado em cerimônias religiosas, como as do Xintoísmo, há mais de 2 mil anos. O cultivo de arroz em arrozais inundados foi introduzido no Japão por volta do ano 300, porém o saquê foi provavelmente desenvolvido durante o período Nara (entre os anos 710 e 794), de acordo com menções frequentes no "Kojiki", o primeiro registro escrito da história do Japão, tendo sido este compilado no ano 712.

O Saquê Junmai (ou Junmai-Shu) é um dos tipos de mais alta qualidade dentro do saquê. É puro e não há adição de álcool, e fermentado do arroz com maior grau de polimento. Fabricado sob métodos exaustivos de preparo. Seu nível de acidez é mais elevado.

O Sakê Ginjo (ou Ginjo-Shu) é fermentado em etapas exaustivas de preparo e preza métodos tradicionais, rejeitando assim o uso de maquinário. Utiliza arroz com alto grau de polimento e é fermentado a temperaturas mais frias e por períodos mais longos. O paladar do saquê Ginjo é leve, aromático, frutado e refinado.

TOP